Hino do Clube

Música: José Brazilício de Souza
Poesia: Firmino Costa

Ano: 1897

Mocidade! nas quadras das flores
Ao sorrir de formosa illusão,
inundemos nossa lama de luz,
Eia! ao baile com toda a effusão

Ao baile, mocidade!
Á dansa com fervor!
Á deosa Terpsichore,
Os hymnos de louvor!

Esquecendo da vida o tormento,
Procuremos na dansa o prazer.
Como alegre se torna o viver!

Ao baile, mocidade!
Á dansa com fervor!
Á deosa Terpsichore,
Os hymnos de louvor!

A existência depressa se esvae
Nossos sonhos não têm duração.
Mocidade! No tempo da dansa
Há sorriso, prazer, emoção!

Ao baile, mocidade!
Á dansa com fervor!
Á deosa Terpsichore,
Os hymnos de louvor!

E ditosos na quadra das flores
No sorrir de formosa illusão,
Inundemos nossa alma de luz,
Eia! Ao baile com toda emoção!

 

Hino do Centenário

Autor: Osvaldo Ferreira de Melo
Ano: 1972

Cinco gerações de boa estirpe
Já o Clube Doze abrigou
Cinco gerações que representam
Nossa gente que aí está
Hoje em cada olhar há um sorriso
Mas a saudade está também
Pois vamos saudar o Clube Doze
Saudar o Clube Doze
No ano Cem
Companheiros , amigos
Mocidade, crianças
O que importa agora
É pensar no porvir
Pois o estandarte de glória
Que todos erguemos
Não pode cair

Área do sócio
WeCreativez WhatsApp Support
Esse é o contato direto com a secretaria do Clube 12. Deixe sua mensagem que assim que eu puder lhe respondo e tiro todas as suas dúvidas.
👋 Envie sua mensagem